quarta-feira, 6 de outubro de 2010

A poupadora


“Por que você está chorando? É por que a sua mãe está lisa e não pode te dar o que você quer? Não chore, no outro mês, quando ganhar dinheiro, ela compra. A minha mãe também está lisa, não pode me dar o brinquedo que eu queria.”

Foi assim, aos quatro anos de idade, que, numa loja, lá em Maceió, eu causei e enterneci todos os presentes ao consolar um menininho que fazia escândalo por desejar algo que a sua mãe não podia comprar na hora (mainha baba até hoje quando conta essa história). Foi também a minha primeira manifestação pública no campo das finanças pessoais. Dos quatro aos 32, posso dizer que consegui construir uma boa relação com o dinheiro. Uma relação de libertação, acima de tudo. E que começou a partir do momento em que eu aprendi, em casa, que é poupando que a gente consegue comprar os nossos brinquedos. Hoje, no mês que vem, quando der.

Por ser uma boa poupadora desde sempre (poupadora, vejam bem, não pão-dura, isso eu não sou mesmo), já ouvi alfinetadas do tipo “tem gente que tem imóvel próprio e não vive a vida”, “você é demais também”, “devia comprar mais”, “divide no cartão e leva!”. Comigo não funciona desse jeito. Guardar um tanto todo mês (o que eu só não consegui fazer nos meses seguintes à minha separação, quando tratei de me cuidar e mimar muito, gastando mais com roupas e baladas) é uma atitude libertadora. Um pequeno esforço que me conforta: eu sei que, se precisar, tenho como me segurar por um tempo, tenho alguma reserva.

Além de estar protegida, tenho nas minhas economias um passaporte para a realização de desejos para mim preciosos, como poder viajar e investir no projeto casa própria. Ter passado as férias na Itália, no ano passado, foi um prazer que valeu cada centavo. E assim será com as próximas viagens, os próximos brinquedos, as próximas conquistas.

Vamos poupar, minha gente! Um pouquinho que seja. Os especialistas em finanças pessoais costumam recomendar algo em torno de 10% da renda todo mês. Não é tão difícil, eu juro. E, se vocês quiserem e pedirem nos comentários, volto ao assunto, passando dicas, inclusive.

Beijos!

Isabela – A Divorciada e A Poupadora

18 comentários:

Patricia Digue disse...

Preciso aprender muito sobre isso. Admiro quem consegue ser disciplinado assim. Obrigada pelos conselhos.

6 de outubro de 2010 01:32
Lanna disse...

Oi Isabela, to sempre aqui no blog de vcs e ADOROOO rs, gostaria muito de ser como vc poupadora, preciso aprender muito, eu tava me controlando bem, descuidei e agora to só no vermelho, enfim se puder posta dicas sim, quem sabe com vc eu consigo aprender a poupar...
Beijão e PARABENS pelo blog

6 de outubro de 2010 07:39
Andarilho disse...

Hahaha, desde cedo doutrinando os outros nos assuntos financeiros. ;)

Eu até sou meio pão-duro...

6 de outubro de 2010 08:30
Tati disse...

Eu poupei muiiitttoooo e comprei minha casa aos 22 anos, depois disto achei melhor relaxar.. dai deu uma desandada..kk
Depois de alguns anos dura mas feliz, voltei a poupar.

Quero dicas.

6 de outubro de 2010 08:36
Bruna Angeli disse...

Desde muito nova também tenho essa consciência de poupar, e até o ano passado também tinha minhas economias que também me levaram a passar as férias em Portugal, mas depois que voltei veio meu Album de Formatura, e uns imprevistos que me levaram ao vermelho, mas estou tentando não ficar louca com isso, rs Por que pra quem sempre foi conservadora, ficar sem um garante é F***

6 de outubro de 2010 10:06
Juju Balangandan disse...

Belinha, arrasou!! Uma coisas que guardo para mim é não importa o quanto você ganha e sim o quanto você poupa. Mas recém-separada é gastadora mesmo. Eu sei bem.

Arrasaram no novo visual do blog.


Beijocas

6 de outubro de 2010 12:11
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Belinha querida que menininha esperta!
Parabéns .... eu demorei um pouco mas agora estou melhor na minha relação com o dimdim...
beijocas e saudades!
Checa meu post de hoje, é de chorar!...
beijocas,
Mari

6 de outubro de 2010 12:42
Petitinha disse...

Meu parabéns pela atitude. Eu tento sempre poupar, mas daí sempre surgem imprevistos e lanço mão da poupança, mas agora estou me disciplinando para poder comprar a casa própria hehehe. Gostaria que você desse mais dicas.
BJOKS

6 de outubro de 2010 14:06
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Podem deixar, voltarei ao assunto com dicas de como economizar. Faço isso até a semana que vem. Adoro falar sobre essas coisas, será um prazer.

Beijos, beijões,

Bela - A Divorciada e A Poupadora

6 de outubro de 2010 14:21
Albuq disse...

Tô nessa Bela,

sou do tipo que compro quando necessito, também adoro viajar, daí um bom propósito kkkk

Ps.: Bela, outro post sobre vocês não encontrei disponível o item de comentário.

bjs

6 de outubro de 2010 14:44
fabricia disse...

Fiz a mesma coisa e fui para a Itália tb...

Se eu já tivesse uma casa própria, com certeza já ia carimbar de novo meu passaporte na europa...

6 de outubro de 2010 16:10
Flávio P. disse...

É assim que se fala Belinha!!!

É bom saber tratar muito bem o dinheiro pois ele não aceita desaforo!!! Se não souber tratar bem ele te deixa...

Beijos

6 de outubro de 2010 18:29
•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Meninaaaaaasssss!!!!

O blog está simplesmente LINDO!
Ameeeeiiii!

Super parabéns a vocês!

Beijão!

6 de outubro de 2010 22:25
Yasmim disse...

É Bela separação traz sempre um rombo no orçamento, no meu caso foi para montar um apto para mim fazia apenas dois meses que estava trabalhando depois de quase dois anos desempregada, ai me separei e começei tudo do zero, agora passados quatro meses, meu apto está montado, e eu tentando reorganizar minhas finanças, como vc acredito que poupar é o melhor a se fazer, o difícil é fazer...
Xêro, estarei aguardando suas dicas financeiras.

6 de outubro de 2010 22:33
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Preciso muuuuito poupar dindin! Muito! Vc é boa nisso.
Beijins e beijões com saudades,
Irma

6 de outubro de 2010 23:30
Evelin disse...

Nossa, antes de ler este post, estava em uma ligação com minha amiga contadora pedindo dicas para administrar dinheiro, disse-lhe que família sobrevivem com um salario minimo e eu com pouco mais fico sem dinheiro... volte com dicas ok.

beijos

7 de outubro de 2010 10:04
Anônimo disse...

Babo sim,com muito orgulho,cada vez mais.Desde pequenininha você já era muito esperta com os assuntos financeiros; lembro muito bem como guardava seu dinheirinho e das coisinhas que vendia na escola,adesivos para cadernos,lápis, etc.
Filha, voce tem toda razão,só administrando bem nosso dinheiro e poupando com regularidade conseguimos atingir nossos objetivos e realizar nossos sonhos, a casa própria, as viagens o carro "a festa do csamento, inclusive "Concordo com você saber poupar não é ser pão duro e sim é ser inteligente. Não importa quanto ganhamos e sim administramos nosso dinheiro.

Beijos da mãe coruja.

9 de outubro de 2010 15:56
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:37